Academia fechada? A corrida ao ar livre pode ser sua salvação | Authen

Continuamos por perto! Entregas no prazo e com a segurança que você merece 💛

Finalizar Compra

Academia fechada? A corrida ao ar livre pode ser sua salvação

Por Camila Feijó


Não restam dúvidas quanto à importância de se manter uma rotina de exercícios com regularidade.

Os benefícios da atividade física regular são muitos, desde melhorias na saúde física até redução dos custos médicos ou simplesmente proporcionar às pessoas bem-estar e uma maior qualidade da saúde mental.



Entretanto, no momento atual, algumas cidades brasileiras começam a voltar à rotina depois de meses de distanciamento social provocado por conta do novo coronavírus. A prática de atividades físicas fora de casa passa a ser liberada, de forma controlada.

Para compensar tanto tempo sem poder se exercitar ao ar livre, a tendência é que se torne ainda maior a procura por um estilo de vida mais saudável.

Com certeza, a corrida ao ar livre é uma excelente escolha. Uma modalidade flexível que pode ser praticada em qualquer horário e lugar.


Quais os benefícios da corrida ao ar livre?

Entre os benefícios da corrida ao ar livre, estão:

  • diminuição do estresse,
  • diminuição do percentual de gordura corporal,
  • diminuição do colesterol ruim,
  • melhoria na qualidade do sono,
  • eficácia no controle do diabetes, entre outros.

Democrática, pode ser praticada por qualquer pessoa saudável. Não precisa ter uma habilidade específica, basta querer assumir o compromisso com o seu bem estar.

Até que experimente correr, você nunca saberá o quanto isso pode ser agradável.


Como recomeçar a rotina de corridas ao ar livre?

Iniciantes

Iniciantes devem procurar orientação profissional de um treinador especializado e ter liberação médica antes de começar a praticar um treinamento de corrida. Além, é claro, de estarem sem nenhum tipo de lesões e doenças. Também procurem orientação sobre tênis apropriados. A Authen tem um outro artigo que explica detalhadamente o passo a passo de como começar a correr.

Como educadora física, recomendo, para quem está iniciando, uma rotina com um mínimo de 3 treinos semanais em que alterne corrida e caminhada, durante 30 min. A medida que o corpo for se adaptando, o tempo de corrida gradativamente vai aumentando e o de caminhada diminuindo.

Existem ainda planilhas, como o Couch to 5k, que podem ajudar na programação da volta (ou ao começo) à rotina de quem ainda é iniciante.

Corredoras com experiência em corrida (a partir de 5 km)

Para corredoras mais experientes, que já praticam o esporte com regularidade, nesse momento o ideal é retornar com um programa de treinos de baixa intensidade, não excedendo uma hora de duração. Variando entre 3 a 6 vezes na semana.

Independentemente da sua experiência com a corrida, é fundamental usar o equipamento de treino correto. Por isso, procure sempre por bermudas de compressão e alta compressão, além de tops esportivos antiflacidez para evitar a distensão dos ligamentos da mama (ocasionados por conta do movimento repetitivo).

Quando começamos a perceber o retorno de nosso investimento na saúde, a motivação é automática. O nosso corpo passa a responder melhor às exigências do dia a dia, abrindo caminho para alcançarmos os objetivos. E aí, vamos começar?





Treinos diários de quilometragem base? Aqui estão os melhores equipamentos para te dar mais performance: