O que ter em mente para se manter ativa em casa? | Authen

Continuamos por perto! Entregas no prazo e com a segurança que você merece 💛

Finalizar Compra

O que ter em mente para se manter ativa em casa?

Por Rafa Arlotta


Oi, meninas! Como estão as coisas por aí? Eu sei que, assim como eu, muitas de vocês estavam treinando para provas, sejam elas de 5k, 10k, 21k, 42k ou ultra e, diante de tudo que vem acontecendo no mundo, tiveram que parar. Imagino que esteja sendo difícil para vocês, assim como está sendo um desafio para mim. Mas gostaria de compartilhar com vocês um pensamento que me veio à cabeça sobre o distanciamento social em virtude do coronavírus e sobre manter a meta.


Quando tomei a decisão de começar a buscar a melhor versão de mim mesma, eu pouco saía. Eu já tinha o hábito de trabalhar de casa (sempre fiz o chamado home office). Mas minha filha, Mel, era uma bebê de 3 meses que dava trabalho e chorava muito e não tinha babá todos os dias (2 vezes por semana e só por meio período).

Então, naquela época, por ter decidido fazer diferente e mudar a minha história, dei meu jeito em casa! Foquei no que podia ser feito ao invés de lamentar o que não podia fazer.

O que eu quero dizer com esse relato? Se você antes não tinha tempo (seja por desculpas ou pela falta dele mesmo), hoje, com o distanciamento social recomendado, você tem! Use isso ao seu favor para manter-se motivada. Aproveite esse momento para se reprogramar e reorganizar. O momento é triste, mas vem com uma mensagem para o mundo inteiro. Se souber enxergar, o aprendizado será extremamente importante para a pessoa que você se tornará após o confinamento! Acredite!

Ao mesmo tempo que sei que esta é uma oportunidade, a sensação de “perda de tempo”, de “vida passando” e de “aprisionamento” pode gerar ansiedade e nos congelar. Assim como o sentimento de estar perdendo performance, deixando de correr, voltando à estaca zero... Mas não podemos nos deixar congelar, estagnar, parar e nem nos sentirmos em “débito” com nossos sonhos e nossos objetivos na corrida. Estamos vivas, somos ativas e saudáveis e temos que nos manter assim.

“Rafa, mas como?” Minhas dicas são:

1 - MANTENHA A ROTINA: Eu continuo acordando no mesmo horário, tomando meu café e treinando. Depois tomo banho, trabalho, cuido da casa, brinco com a minha filha, leio, enfim... tento replicar minha rotina de antes. Isso pode te dar uma certa sensação de controle e pode diminuir sua ansiedade.

2 - ADAPTE: Adaptei minha planilha com o treinador (já que neste momento, onde eu moro, não é mais possível correr na rua e não tenho esteira em casa) e ele fez uma série de exercícios para que eu me mantenha ativa e tente não perder tanto condicionamento, mas levando em consideração a manutenção da minha imunidade. Sem exageros, mas ativa!

Minha recomendação é que se você tem alguma assessoria ou treinador, converse sobre isso e adapte. Não deixe esse profissional de lado, ele vai te ajudar a se manter ativa e isso vai ser essencial para quando pudermos voltar às pistas. Caso não tenha assessoria ou treinador, existem app de academias e lives com alguns treinadores que são gratuitas. Apenas atentem-se as atividades propostas para se sejam adequadas à sua capacidade. Nada de fazer o treino da blogueira que nem profissional de educação física é. Não é hora de fazer maluquices, ok?!

3 - ALIMENTE-SE MELHOR: Agora que está em casa, tente se programar melhor com a alimentação. Não descarregue a ansiedade na comida. Foque em se re-educar, ajustar cardápio, experimentar novas receitas saudáveis. Se tem companheiro ou companheira, filhos ou família em casa, convide-os para cozinha. Essa experiência vai tirar o “peso” de estar aderindo à uma alimentação mais regrada e tornará tudo mais leve e agradável. Além de ser uma oportunidade de se manter em forma (ou conquistar ela), deixando seu corpo forte para que o vírus não te pegue, será também uma forma de se aproximar mais de quem está ao seu lado e uma ajuda incrível para o retorno às atividades ao ar livre.

Não é fácil e não será por um certo tempo. Mas se movimentar e cuidar da sua alimentação é a chave para se manter saudável e sã! Isso vai ajudar não só agora, mas quando tudo voltar ao normal, que tenho certeza: será breve! E, quando voltarmos aos treinos e as provas, vamos celebrar mais do que a vitória na prova, comemoraremos a vitória da vida! #EuAcredito #VaiPassar

Ah, uma última dica:

4 - POSITIVIDADE: Ser positiva é a minha arma! Sempre foi e sempre será! Use essa arma também. Um dia de cada vez... Respira e vem comigo?

Vamos juntas?





E aí, vamos começar de casa mesmo? Olha aqui as melhores roupas para treinos de fortalecimento muscular: